DE TODAS AS LEIS FUNDAMENTAIS DAS RELAÇÕES SAUDÁVEIS, O ELOGIO É A MAIS ACESSÍVEL E A MAIS FÁCIL DE PRATICAR, EMBORA POUCOS SERES HUMANOS A PRATIQUEM.

O poder do elogio pode ser mais forte que o das armas, mais poderoso que o dinheiro, mais penetrante que a lâmina de um bisturi.

Uma pessoa inteligente deve economizar críticas, mas jamais deveria economizar elogios.

A crítica excessiva contrai a espontaneidade, e o elogio realça a autoconfiança. Contudo, é incrível como pais, professores, executivos e casais economizam elogios e têm pouca habilidade para elogiar. Somos ótimos para exaltar erros, mas não para exaltar os acertos.

Os elogios deveriam entrar no cardápio diário de suas existências. Entram no seu cardápio? Quem você elogiou hoje? E como elogiou? Mesmo pessoas afetivas podem ser miseráveis em elogiar. Elogiar não é superproteger. Superproteger é colocar os 8 As 5 leis fundamentais dos relacionamentos saudáveis. outros numa estufa, é controlar os elementos agressores, é desprepará-los para a vida. Superproteger é dar tudo sem exigir nada.

Elogiar é encorajar a caminhada, é propiciar força nas intempéries, coragem nos tropeços e crédito na superação. Pais que elogiam tornam-se plantadores de Janelas Light que alicerçam o Eu como ator principal. É provável que 90% deles não tenham uma prática diária de nutrir o psiquismo dos filhos com elogios.

Infelizmente, a maioria segue a lei do menor esforço, dão roupas, suprem o corpo, presenteiam com computadores e celulares, mas não nutrem o psiquismo deles com inteligência. “Obrigado, filho, por existir!”, “Parabéns, você foi brilhante!”, “Você foi derrotado, mas não tem problema, o importante é que tentou. Estou orgulhoso de você!”, “Vá em frente, você consegue!”, “Obrigado pela sua gentileza e carinho!”, são pequenas frases que penetram nos recônditos da mente de quem amamos e nos tornam inesquecíveis.

Você é um educador inesquecível ou cumpre apenas papéis burocráticos da educação? Não reclame dos outros, revise sua postura!

AUGUSTO CURY

Leave a Reply