Quando me formei na faculdade de medicina, uma pessoa, em 20 pessoas desenvolviam câncer.
Nós esperávamos que no século 21, 1 em 50, 1 em 100, mas nós estamos em 1 para 4 pessoas.
Nós temos que aprender a preservar a energia mental, porque um cérebro estressado, acelerado; desenvolveu a síndrome do pensamento acelerado.
Eu descobri essa síndrome.
Que ao lado da síndrome do circuito fechado da memória, são as duas síndromes mais insidiosas e penetrantes na humanidade na atualidade.
Eu tive a felicidade de descobrir e a infelicidade de saber que o excesso de informação, o excesso de uso de Smartphone, o excesso de trabalho, o excesso de atividade, a incapacidade do Eu relaxar e brincar com a vida, dar risada da sua estupidez.
Se você não aprender dá risada de vez em quando das suas tolices e incoerência, você não está apto para pilotar bem a aeronave mental, porque, quem não é incoerente de vez em quando e quem não tem uma atitude que valoriza picuinhas?
Se nós não aprendermos a poupar energia somos carrascos de nós mesmos.
A síndrome do pensamento acelerado tem levado crianças adolescentes e adultos a desenvolver essa sintomatologia. Bilhões de células estão clamando para que você mude seu estilo de vida.
Bilhões de células estão se aplicando para que você tenha um caso de amor com a sua saúde psíquica, para que você aprenda a gestão da emoção.
Quando eu desenvolvi o programa, o primeiro programa mundial de gestão de emoção, eu não fiz para me orgulhar, sinceramente eu sou crítico ao culto à celebridade. Quando eu faço treinamento com celebridades, eu falo; se você quer viver dias felizes, você tem que saber que você é apenas um simples ser humano que deve andar no traçado do tempo em busca do mais importante endereço.
O endereço na sua própria mente. Você tem de entender que a emoção é democrática, e você tem de saber que o seu Eu tem que ser um bom diretor do seu próprio script. Caso contrário, quem vai biografar a sua mente não é o seu Eu; são os seus traumas, os seus conflitos e assim por diante.
Mas você tem de saber que há um escritor que todo dia está biografando a sua mente, chama-se fenômeno RAM.
RAM: Registro Automático da Memória. Todos os dias esse fenômeno está biografando a sua mente, cada pensamento lúcido é registrado, cada pensamento estupido também é registrado.
Se você pensa no futuro apenas para desenvolver estratégias para dar soluções para o problema, isso é ótimo, é registrado, mas se você sofre pelo futuro também é registrada.
Se você pensa no passado para encontrar as mais belas experiências, os beijos, os abraços as experiências onde você se reinventou, isso é ótimo, é registrada. Mas se você chafurda na lama dos traumas, traições, perdas e decepções, também é registrado. E, sinceramente, o fenômeno RAM não perdoa.
Todos os dias ele está biografando a memória humana, biografando a sua história.
Como o Eu não é um bom escritor da mente humana, como o Eu não é um bom piloto e nem um excelente executivo, a nossa biografia, se eu pudesse analisar cada uma de vocês, freqüentemente têm déficit enorme com a qualidade de vida, criatividade, um déficit enorme com o prazer de viver, com a capacidade de vocês libertar o imaginário. Por isso que há muitos miseráveis morando em palácios, por isso que há muitos mendigos sentando nos escritórios coordenando empresas com milhares e milhares de funcionários, empresas que faturam bilhões de dólares. Mas dentro de sua mente, dentro de si, tem um déficit enorme, uma dívida impagável com a sua qualidade de vida, com a sua criatividade, com a sua serenidade, com seu potencial intelectual e emocional.
Que déficit você tem, que débito você tem com sua empresa chamada mente humana.
Sua mente é bem dirigida?

Infelizmente eu tenho que internar quase todos.

Augusto Cury

Leave a Reply