Sei que ainda tem muitas coisas para fazer, mas gostaria que você parasse um pouco para me acompanhar em uma viagem.
Imagine, por alguns segundos, que você está pilotando um avião.
À sua frente, o céu azul e o sol redondo e brilhante. E, a bordo do avião, está toda a sua família, tranquila e feliz, curtindo esse momento especial e único.
Você, então, observa os botões do painel de controle para garantir que está tudo certo:

2º botão: TRABALHO – OK
3º botão: FAMÍLIA – OK
4º botão: CONTAS PARA PAGAR – OK
5º botão: TAREFAS DOMÉSTICAS – OK

E, percebendo que está tudo sob controle, você aciona o piloto automático.
Tudo está indo bem e a viagem segue tranquila quando você decide aproveitar para estudar um pouco sobre um outro botão que está para ser implantado nos painéis de controle de todos os aviões, segundo notícias que viu nas redes sociais.
Mas, de repente, você percebe um barulho estranho e, ao checar o painel, vê que o sistema do avião está em pane.
Olha para os botões programados e eles continuam do mesmo jeito.
A velocidade do avião começa a diminuir… E, somente neste momento, você se dá conta de que não havia programado o botão mais importante de todos:

1º botão: VOCÊ

Claro que você sabia da existência desse botão, mas, provavelmente, não fazia ideia de que todos os demais botões dependiam do bom funcionamento desse único botão fundamental.
E que o avião precisava de todos eles funcionando corretamente, para que você e a sua família pudessem viajar de maneira segura, tranquila e feliz.
Saiba que, assim como você, muitas pessoas acabam ativando o modo piloto automático de suas vidas e não percebem o quanto isso é prejudicial…
Têm inúmeras preocupações diárias, mas se esquecem de cuidar do seu bem mais precioso, a base para uma vida emocionalmente equilibrada e feliz: a sua mente e as suas emoções.

AUGUSTO CURY

Leave a Reply